Receba o ‘Não’ e entregue mais do que o ‘Sim’

 

É de amplo conhecimento que o mundo empresarial é competitivo, não importando o ramo de atuação de sua empresa, ressaltando a existência de setores submersos em competições mais acirradas que outros. Nessa cotidiana luta, as empresas se articulam, reinventam-se e algumas (talvez muitas) vezes encerram seus ciclos. Nesta percepção, destaca-se que um dos grandes males que o empreendedor iniciante sofre é a síndrome do ‘Não’. Muitos indivíduos decidem se aventurar como empreendedores (o que é extremamente sadio), mas sem a necessária preparação psicológica para receber o ‘Não’ como resposta aos seus projetos.

Continue lendo

Que tal desmistificar a Economia Criativa?

Pergunte a uma criança o que ela quer ser quando crescer e você vai ter uma resposta muito mais baseada na imaginação do que em qualquer outra coisa. Nunca vi uma criança querendo ser advogado ou engenheiro, mas astronauta e desenhista, várias. Algumas crianças cresceram e encontraram um emprego “de verdade”. Outras não cresceram e trabalham com seus sonhos. E quando digo que trabalham, quero dizer que ganham dinheiro e pagam suas contas. Esse é o caso de quem trabalha com a Economia Criativa, um dos setores mais estáveis da atualidade, mesmo em épocas de crise.

Continue lendo